Dadocracia – Episódio 44 – Injustiças Algorítmicas

Neste episódio, convidamos a cientista da computação Nina da Hora para discutir injustiças algorítmicas e como máquinas e a inteligência artificial podem reproduzir preconceitos e perpetuar problemas da sociedade.

Entre os casos citados no episódio, estão a distorção causada por um algoritmo que calculava a chance de reincidência de presos nos Estados Unidos, como revelado pela ProPublica; câmeras da Nikon que perguntavam se asiáticos estavam piscando; e um algoritmo para calcular a gravidade de problemas no fígado que errava na análise quando os pacientes eram negros.

Aqui está a Linha do Tempo do Racismo Algorítmico criada por Tarcízio Silva. E o artigo do Boston Review que faz uma analogia entre testes de fármacos novos e a falta de reflexão sobre as consequências de novas tecnologias de inteligência artificial.

Para acabar, leia aqui a matéria O Preconceito das Máquinas, de onde vieram os comentários que abrem o episódio.

Cadastre-se e receba em seu email a nossa newsletter