Confira o que rolou na 1ª Edição do Curso Privacidade e Proteção de Dados : Teoria e Prática, do Data Privacy Brasil

Confira o que rolou na 1ª Edição do Curso Privacidade e Proteção de Dados : Teoria e Prática, do Data Privacy Brasil

O Data Privacy Brasil vem cobrir um hiato na oferta de formação específica sobre proteção de dados pessoais. Há muitos cursos de direito digital, mas em que o tema da proteção de dados pessoais acaba sendo tratado em número de horas limitadas. Fundado e coordenado por Renato Leite Monteiro e Bruno Bioni, o curso Proteção de Dados Pessoais e Privacidade — Teoria e Prática, tem 32 horas aulas e contempla tanto a teoria, embasada nas maiores referências mundiais sobre o tema, quanto a prática, a partir de propostas de exercícios práticos que vão desde análise de casos desenvolvidos com base em situações reais, até a construção de um Data Protection Impact Assessment, o relatório de impacto à privacidade, cada vez mais demandado por empresas e governos.

Os alunos contam com apoio de referências bibliográficas e demais materiais de apoio organizados online e, em grande parte, acessíveis sem custo adicional. A responsável pela monitoria Maria Cecília Oliveira Gomes explica que a bibliografia é organizada por tema de aula e atualizada dinamicamente, tanto em vista dos acontecimentos e novas publicações, quanto a partir das demandas dos alunos.

Veja o que dizem alguns dos alunos do primeiro módulo do curso Proteção de Dados Pessoais e Privacidade — Teoria e Prática:

“O curso foi importante para identificar o arcabouço legislativo nacional, no que tange à proteção de dados, e compará-la com outros países. Pudemos então conhecer as legislações internacionais para avaliar o impacto no Brasil, em um contexto globalizado.

O maior ganho foi conseguir transformar um tema tão complexo em algo tangível e de forma dinâmica, porque, nas aulas, há bastante interação. Os alunos conseguiram ter acesso a todo o material da aula, o que tornou o processo bem democrático e aberto.

A interação em grupos, nos aplicativos de comunicação instantânea, também foram excelentes para discutirmos as notícias relacionadas, que saíram ao longo do período do curso. Posso dizer que isso ajudou a ter uma imersão total no tema da privacidade e proteção de dados”.